AMOR DISTANTE...


ROBERTO ROMANELLI MAIA

ESCRITOR, JORNALISTA E POETA


Ah, distancia que não permite os nossos corpos e lábios unidos e entrelaçados...

Que faça os nossos corações baterem mais alto...

Com a força e a energia de tão mágica paixão e amor...

E que nos faça ouvir o seu compasso contínuo...

Ah. amada, que nosso amor nunca feneça e nunca esqueça um do outro...

Que ele seja como os pássaros que necessitam
do céu para voarem livres e libertos
de qualquer opressão e limite...

Como os peixes que não podem respirar sem a água...

Como as plantas que nascem, crescem e se desenvolvem presas a terra...

Como os planetas que só existem dentro do universo...

Sim, querida, meu coração e minha alma falam
que eu não vivo sem você...

Que as palavras que traduzem o meu sentimento
não foram escritas só agora...

Que elas, desde as épocas mais antigas,
estão contidas dentro de meu ser...

E por isso são lembradas a cada momento...

Guardadas e preservadas para o futuro
de nosso amor...

Ah, menina mulher, que tão bem
soube me conquistar, eu te amo...

Te amo...

E de meu coração e de minha alma ouvirás
palavras de apoio, de cumplicidade, de carinho
e de valorização...

Mas não só palavras...

Sim, acima delas existe a realidade de nossos momentos compartilhados...

Onde o nosso amor é a peça maior
de nossos sentimentos e de nossa vida...

Exibições: 621

Comentar

Você precisa ser um membro de Beco dos Poetas para adicionar comentários!

Entrar em Beco dos Poetas

Comentário de Elio Bittencourt Moreira em 17 fevereiro 2010 às 10:24
REALMENTE,
OS SENTIMENTOS ESTÃO ACIMA DE QUAISQUER PALAVRAS.
OBRIGADO
POR ME PROPORCIONAR ESTA BELA LEITURA.
ABRAÇOS

Informativo

Acesse o Beco via celular você terá uma experiencia incrível o reconhecimento é automático e você pode levar o beco com você onde quiser !!!

Novidade : Audio Poemas