"Tem dias que o sol brilha timidamente
mas tem outros que ele dá um espetáculo
Tem noites que as estrelas se escondem
na vasta imensidão do espaço, mas há noites
que o céu parece uma centelha brilhante.
Em todos os dias e noites, os astros não deixaram
de ser o que são, apenas se apresentaram de
forma diferente.
Assim somos, tem dias que não queremos nos relacionar,
falar ou ouvir, e há outros que desejamos abraçar, sorrir, falar e ouvir,
mas em todos eles, somos o que somos, e não deixaremos de ser."
 
Elizaete Ribeiro

Exibições: 19

Comentar

Você precisa ser um membro de Editora Beco dos Poetas para adicionar comentários!

Entrar em Editora Beco dos Poetas

Vendedores Independente

Últimas atividades

Posts no blog por Luciano Spagnol
1 hora atrás
Posts no blog por NELSON RICARDO
1 hora atrás
Posts no blog por Fabian Balbinot
1 hora atrás
Ícone do perfilGrupo Editorial Beco dos Poetas & Escritores Ltda via Facebook
Facebook10 horas atrás · Responder
Marluce Persil entrou no grupo de SAL MARINHO
Miniatura

Hai-cais

Hai-cai poema do Japão, (haiku). Tem :17 sílabas, três versos de 5, 7 e 5 sílabas. Referência à…Ver mais...
ontem
Posts no blog por Luciano Spagnol
ontem
Posts no blog por NELSON RICARDO
ontem
Posts no blog por Henrique De Lázari Costa e Silva

Fim do mundo

Essa indecência...Por quê?Essa violência...Pra quê?Nossa humanidade...Para onde vamos?À beira da…Ver mais...
quinta-feira

© 2016   Criado por Marcio Marcelo Nasc. Sena.   Ativado por

Credencial  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço